Relato da Aula 10 – Metodologias 1ª Geração

Atividades: Nesta aula continuamos praticando e entendo as idéias pegagógicas / musicais de Edgard  Willems.

Comentários: Fizemos vários exercícios práticos como percepção dos diferentes timbres do jogo de sinos, conversas melódicas (criação aleatória de frases – improvisação de perguntas e respostas), criações rítmicas livres de métrica e com variações de dinâmica e andamento, exercícios de “sequência de golpes rápidos” para serem contados pelo observador, etc. A Enny também tocou-nos algumas canções para exercícios dos “movimentos naturais”, como saltitar, pular, marchar, correr, etc. Todos esses exercícios são muito interessantes e totalmente praticáveis, com exceção do jogo de sinos, que deverá ser adaptado a outros materiais para quem não tiver o jogo.  Embora a Enny tenha contado que Willems não “investia no aspecto lúdico das crianças para realização do trabalho de educação musical” para mim todos esses exercícios são “transformáveis” em divertidas brincadeiras musicais que tenho certeza que as crianças adorariam. Ela disse-nos também que ele foi um educador musical “cartesiano” e que estruturou um método “passo-a-passo”, onde tudo é retomado e vai-se sofisticando. Outro aspecto que a Enny contou-nos a seu respeito  é que ele trabalhava de forma separada os “automatismos” na fase de Pré-Solfejo.  Um exercício muito interessante que nunca tinha feito em mais de 20 anos de estudos musicais (!!!) é a improvisação utilizando as diferentes notas de qualquer escala maior, menor ou os modos. Fiquei me perguntando: “como um exercício tão simples e ao mesmo tão rico nunca me tinha sido proposto antes!”  Até fiquei perdida quando a escala não era o “meu chão” em Do maior. E para essa dificuldade a Enny disse: “quem não se sentir seguro para improvisar afinado, apenas repita a pergunta”. Isso é muito legal, porque a improvisação nasce sem dúvida sim de uma imitação, para posterior amadurecimento e criação. Ninguém improvisa do nada, mas de um repertório que está interiorizado dentro de si. Adorei!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: