Pontos Importantes discutidos em aula – Vigotski

 

  • Sua obra só veio para o Ociente na década de 60;
  • Teve múltipla formação e foi crítico de arte;
  • Não considera apenas o sujeito, mas também o contexto histórico-cultural em que ele está inserido;
  • Pensador dialético – os significados das palavras evoluem, tudo está em movimento, não existe conhecimento acabado;
  • Para ele é impossível que alguém aprenda algo sozinho, sem um mediador;
  • Zona de Desenvolvimento Proximal (ZDP) representa a diferença entre o que a pessoa é capaz de realizar sozinha e o que precisa de ajuda de alguém para realizar (ela está “pronta” para aprender algo e precisa de um mediador);
  • Fomos educados na matriz cartesiana, não aprendemos nada de dialética na vida escolar, e ela é fundamental para a crítica; o pensamento cartesiano “ingessa” nossos pensamentos;
  • Em qualquer idade um conceito expresso por uma palavra representa um ato de generalização;
  • A experiência prática mostra que o ensino direto de conceitos é ineficaz, isso só gera um verbalismo vazio, uma repetição de palavras que simulam um conhecimento dos conceitos correspondentes, mas que na realidade oculta um vácuo;
  • O registro da linguagem musical acontece antes do registro da linguagem falada, talvez por sua anscestralidade, ela tem pois uma influência monumental sobre o indivíduo;
  • a Música é teoria e prática ao mesmo tempo;
  • a Avaliação é uma necessidade subjetiva de reciclar o conhecimento, deveria ser para o crescimento da própria pessoa;
  • Assim como Piaget, Vigotski acredita que para se ensinar algum conceito científico a pessoa deve estar maturamente pronta;
  • Na escola brasileira atual o aluno copia,  estuda para a prova e faz de conta que aprende, porém para aprender o aluno precisa estar implicado, envolvido, motivado para
  • Os conceitos científicos são a grande fonte de desenvolvimento para a mente da criança;
  • A consciência reflexiva chega à criança através dos portais dos conhecimentos científicos;
  • O conceito espontâneo é construído através de nossa experiência cotidiana; o conceito científico aprendemos na escola. A tensao gerada entre os dois conceitos é que faz a criança evoluir, se aprofundar, ou seja, o conhecimento acontece quando esses dois conceitos (espontâneo e científico) se opõem, se complementam, se misturam;
  • Se cada conceito é uma generalização, então a relação entre conceitos é uma relação de generalidade.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: